Localizado e desativado carro-bomba na terceira maior cidade da Colômbia

A polícia colombiana informou, neste sábado, ter encontrado e desativado um carro-bomba abandonado em uma rua do centro de Cali, terceira cidade do país, e atribuiu o fato à intenção da guerrilha das Farc de atrapalhar as eleições legislativas de domingo.

AFP |

Segundo o diretor da polícia colombiana, general Oscar Naranjo, um carro com explosivos foi deixado antes do meio-dia local (14H00 de Brasília) deste sábado perto da sede do governo do Valle por dois homens, aparentemente membros de uma célula urbana das Farc.

"Tratam-se de dois milicianos das Farc que conseguimos capturar pouco depois de deixarem o carro abandonado. Encontramos dois artefatos explosivos, cada um com meio quilo de pentonita e um sistema eletrônico com o qual se pretendia detonar o veículo", disse o oficial à imprensa local.

Segundo a versão oficial, o carro seria detonado na noite de sábado pelas Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia, com a intenção de atrapalhar a realização das eleições.

Mais cedo neste sábado, o presidente colombiano, Alvaro Uribe, afirmou que confiava em que as eleições legislativas transcorreriam com normalidade, ao mesmo tempo em que denunciou pressões da guerrilha das Farc contra algunos candidatos.

sab/jb/mvv

    Leia tudo sobre: colômbia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG