Localizadas as caixas-pretas do Airbus acidentado no litoral francês

PARIS - As três caixas-pretas do avião Airbus A320 da companhia Air New Zealand, acidentado na quinta-feira no litoral mediterrâneo francês com sete tripulantes a bordo quando realizava um vôo de testes, foram localizadas, informou nesta sexta-feira a Prefeitura de Perpignan, no sudoeste da França.

EFE |

Os mergulhadores da Marinha francesa responsáveis pelos trabalhos de busca conseguiram nesta sexta realizar uma imersão, apesar das condições meteorológicas adversas, disseram as fontes.

"A prioridade é recuperar os corpos, fazer exame de DNA para identificar as vítimas e devolvê-las a suas famílias", disse o procurador adjunto de Perpignan, Dominique Alzeari.

Dois corpos foram resgatados na quinta, enquanto outros cinco continuam desaparecidos.

Causas desconhecidas

Por razões ainda não determinadas, o avião caiu a cerca de oito quilômetros em frente ao litoral de Saint-Cyprien, perto de Perpignan, em meio a condições climatológicas ruins, com fortes chuvas e ventos.

Os radares franceses perderam seu sinal em torno das 13h45 de Brasília e, pouco depois, os destroços do aparelho foram avistados por um navio civil, que avisou os serviços de resgate.

O avião, um aparelho de duplo motor com capacidade para 150 passageiros, foi entregue à companhia neo-zelandesa em julho de 2005 e acumulava 7 mil horas de vôo, disse Airbus, filial do consórcio aeronáutico europeu EADS.

    Leia tudo sobre: acidente aereoacidente aéreo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG