Localidade colombiana fica inundada após trasbordar o rio Magdalena

Bogotá, 14 dez (EFE).- Metade da localidade colombiana de Plato, situada no norte da Colômbia, ficou inundada depois do transbordamento do rio Magdalena, um dos mais maiores do país, que deixou pelo menos 20 mil desabrigados, informaram hoje fontes oficiais.

EFE |

A localidade do departamento de Magdalena, (900 quilômetros ao norte de Bogotá), ficou alagada depois que o rio homônimo rompeu no sábado um muro de contenção, e as águas entraram pelas ruas e casas, disse o prefeito José Santander Rosales.

O funcionário disse que, em Plato, que tem cerca de 70 mil habitantes, a situação é grave, já que as águas inundaram o centro da cidade e mais sete bairros.

Várias sedes oficiais ficaram alagadas, entre elas a igreja principal, o cartório, a casa da cultura, os despachos judiciais e uma clínica.

A última temporada de chuvas na Colômbia, que começou em meados de setembro, durou mais que o esperado e deixou mais de 60 mortos e cerca de 1 milhão de desabrigados na maior parte do território nacional.

Segundo o estatal Instituto de Hidrologia, Meteorologia e Estudos Ambientais (Ideam) da Colômbia, as chuvas começaram a arrefecer esta semana, mas os rios, entre eles o Magdalena, alcançaram níveis perigosos, por isso será mantida por várias semanas o alerta de risco de inundações. EFE gta/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG