Local de culto muçulmano é pichado com suásticas nazistas

Um local de culto muçulmano sofreu atos de vandalismo em Toul, no nordeste da França. Inscrições racistas e suásticas nazistas foram pichadas e uma cabeça de porco foi pregada na porta, informou nesta quarta-feira uma fonte envolvida na investigação.

AFP |

A polícia prendeu rapidamente dois jovens suspeitos de cerca de 20 anos, anunciou a secretária de Estado para a Família e a Solidariedade, Nadine Morano, que "condenou firmemente estas violências inaceitáveis".

AP
Mesquita sofre vandalismo em Toul, na França

Segundo uma fonte envolvida na investigação, os dois teriam sido flagrados poucas horas depois em Liverdun (nordeste) pintando suásticas nazistas na entrada de um restaurante árabe.

O local de culto, que tem uma sala de orações e salas de aula, foi inaugurado há cerca de 20 anos. "Nunca tivemos problemas até então", declarou Ichou Amzil, tesoureiro da associação socio-cultural dos magrebinos de Toul, uma cidade perto de Nancy.

Para Morano e a prefeita de Toul, Nicole Feidt, a profanação pode ser uma ação de represálias: o apartamento de um padre foi apedrejado recentemente no mesmo bairro.

O Conselho Francês do Culto Muçulmano (CFCM) expressou "sua forte indignação frente a esta nova agressão racista e xenófoba", e conclamou as autoridades a "fazer de tudo para prender os autores" da profanação.

Leia mais sobre: vandalismo

    Leia tudo sobre: mesquita atacadamuçulmanosnazismo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG