total desprendimento de Micheletti e Zelaya para resolver crise - Mundo - iG" /

Lobo pede total desprendimento de Micheletti e Zelaya para resolver crise

Tegucigalpa, 14 dez (EFE).- O presidente eleito de Honduras, Porfirio Lobo, ressaltou hoje que deve haver um total desprendimento do líder de fato, Roberto Micheletti, e do deposto, Manuel Zelaya, para resolver a crise política vivida no país desde o golpe de Estado de 28 de junho contra o último.

EFE |

Lobo reafirmou que o Acordo Tegucigalpa-San José, assinado por Micheletti e Zelaya em 30 de outubro, deve ser totalmente cumprido, mas "também é preciso a outra parte, que tem a ver com o que sempre foi dito: um total desprendimento de ambos os setores que estavam envolvidos no conflito".

O presidente eleito não especificou, no entanto, em que consiste esse "desprendimento total", mas na semana passada disse que a comunidade internacional considera que Micheletti deve renunciar, como ele mesmo disse em várias ocasiões, agora que já foi descartada a restituição de Zelaya.

Sobre seu Governo, que será instalado no dia 27 de janeiro, Lobo disse que seu dever é "trazer paz à nação, e, para trazer isso, preciso que Zelaya esteja em paz, preciso estar em paz com Zelaya e com Micheletti", disse Lobo à rádio "HRN".

O político, do opositor Partido Nacional, considerou que "é preciso falar com Zelaya, é preciso fazer um tratamento dele que seja digno", pois tem apoio "de um setor do povo hondurenho, que também merece ser respeitado". EFE lam/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG