Lobo cinza é retirado da lista das espécies protegidas nos Estados Unidos

O lobo cinza foi retirado da lista das espécies protegidas nos Estados Unidos, onde havia sido inscrito em 1974 depois de ter praticamente desaparecido do país, anunciaram os serviços federais da vida selvagem.

AFP |

Com exceção do Estado de Wyoming (noroeste), onde segue sendo uma espécie protegida, o lobo cinza pode agora ser caçado nas regiões dos Grandes Lagos (Michigan, Minnesota, Wisconsin) e das montanhas Rochosas (Idaho, Montana). Há 4.000 lobos cinzas na região dos Grandes Lagos e mais de 1.300 nas Rochosas.

Ainda há entre 8.000 e 10.000 lobos no Alasca. Em Wyoming, eles são 300.

"As populações de lobos são agora viáveis, com grande diversidade genética, apesar de terem sido praticamente exterminados", destacou Ed Bangs, o principal responsável pela gestão dos lobos nos US Fish and Wildlife Services (FWS), especializados na gestão da fauna no departamento do Interior.

"A lei sobre as espécies ameaçadas foi um sucesso e permitiu o retorno dos lobos", acrescentou.

vmt/yw/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG