Lixo espacial sob controle enquanto o Discovery segue rumo à ISS

Especialistas russos e americanos avaliavam hoje a possibilidade de mover a Estação Espacial Internacional (ISS) para descartar um fragmento de lixo espacial que passará muito perto de sua órbita, num momento em que a nave Discovery segue sua trajetória para acoplar-se, na terça-feira, ao posto orbital.

AFP |

Horas depois do lançamento da Discovery, domingo, a Nasa informou que uma equipe em Houston (Texas, sul dos EUA) está acompanhando o rastro de um objeto de 10 cm, um lixo espacial que se acredita ter pertencido a um satélite da era soviética e que se desintegrou pouco depois de seu lançamento em 1981.

"As equipes em Houston e Moscou desenvolveram um plano para mover a estação espacial esta noite se necessário, mas isto ainda não foi decidido", assinala a porta-voz da Nasa, Kylie Clem, do Centro Espacial Johnson.

As projeções colocam o objeto numa trajetória perigosamente próxima da ISS; a Discovery prevê acoplar-se às 21H13 GMT de terça-feira.

Para amenizar o problema, os sete tripulantes do ônibus espacial realizam controles periódicos de segurança da nave.

kdz/jkb/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG