Livros ensinam nigerianos a enviar torpedos de amor

O envio de torpedos é uma prática tão popular na Nigéria que muitos nigerianos lançaram livros que prometem dar aos jovens as palavras certas para conquistar o homem ou a mulher de seus sonhos. Femi Emmanuel, de 33 anos, já lançou quatro volumes de um livro intitulado Touching the heart through unforgettable text messages, algo como Tocando o coração com mensagens de texto inesquecíveis, em tradução livre.

BBC Brasil |

A obra é apenas uma de várias no mercado oferecendo sugestões para amantes tímidos.

Emmanuel diz que escreve mensagens para ajudar pessoas que são muito ocupadas ou analfabetas a expressarem de maneira adequada o que está em seus corações.

O escritor, que pagou por seus estudos vendendo jornais na beira de estrada, pegou emprestado o equivalente a US$ 637 de seu irmão para publicar o primeiro livro.

Agora, a venda dos quatro volumes tem sido tão bem-sucedida que Emmanuel já conseguiu comprar um carro com o dinheiro recebido.

"As pessoas realmente adotaram o celular aqui na Nigéria, mas elas podem não ser inteligentes o suficiente para saber o que dizer nessas situações, ou, às vezes, estão muito ocupadas", diz Emmanuel.

Bollywood e novelas
Os nigerianos enviam mensagens de texto de maneira compulsiva.

Mensagens "românticas" e "fora de moda" e piadas estão constantemente sendo enviadas, recebidas e recicladas.

Muitos homens reclamam que as mulheres enviam mensagens "quentes", mas tudo o que querem é dinheiro, enquanto as mulheres dizem que os homens enviam textos "românticos", mas tudo o que querem é sexo.

Emmanuel diz tirar inspiração dos filmes de Bollywood ou de novelas mexicanas e nigerianas.

"Eu estava assistindo a um filme de Bollywood e o ator principal dizia à mulher 'hei, baby, eu sou um amante louco'. Eu achei que era uma boa, pausei o DVD e copiei o texto", disse o escritor.

Uma outra mensagem sugerida por Emmanuel começa com o que parece ser uma ameaça: "Eu juro, eu farei de tudo para te passar HIV."
Ele conta que ouviu a frase em um filme nigeriano e teve a idéia de transformar a abreviatura em uma mensagem de amor.

"Você coloca a pessoa em suspense, e depois você envia a interpretação", afirma.

"H é para Happiness (felicidade) e alegria para sempre com um Incomparable love (amor incomparável) que nunca irá desaparecer (V, para Vanish, em inglês). Eu te amo", conclui a mensagem.

'Divertida'
A BBC perguntou a pessoas nas ruas da capital Abuja o que elas achavam da mensagem.

Ferdinand Nwonye, de 36 anos, disse que achou a mensagem divertida.

"A pessoa inicialmente ficaria com medo , depois, à medida que lesse a mensagem, começaria a rir", afirmou o servidor público.

Mas nem todo mundo pensa dessa forma.

A empresária Janet Babalola, de 35 anos, diz que recebe torpedos românticos do marido.

"Mas seu eu recebesse algo desse tipo, eu ficaria chocada", afirmou.

Cafona?
O que pode parecer cafona e ridículo para pessoas de outros países pode não ser visto dessa forma pelos nigerianos.

Nana, que responde a perguntas sobre relacionamentos no jornal Weekly Trust, diz que os nigerianos podem interpretar as palavras de maneira diferente de outras pessoas que têm o inglês como língua materna.

"Eu acho que o jovem que escreveu esses textos é um poeta, de uma certa forma", afirma.

"Muitos de nós traduzimos constantemente, nas nossas cabeças, expressões de línguas locais para o inglês. Muitas línguas nigerianas não têm uma diferença entre 'amar' e 'gostar', então muitos textos podem parecer uma mensagem de amor quando o que a pessoa que o enviou quer dizer simplesmente "eu gosto de você".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG