Livro que Chávez deu a Obama faz sucesso na Amazon

O livro do uruguaio Eduardo Galeano que o presidente venezuelano, Hugo Chávez, deu de presente no sábado ao colega americano Barack Obama subiu em apenas 24 horas da posição 73 para a 10 na lista dos mais vendidos do site Amazon.

AFP |

A versão em inglês do livro "As veias abertas da América Latina" teve um crescimento espetacular, mas a edição espanhola subiu ainda mais rápido, passando da posição 47.468 para a 283.

Além disso, a edição em inglês aparecia neste domingo na posição 31 dos mais vendidos na livraria virtual Barnes and Nobles.

Crítica radical do imperialismo, a obra se tornou um texto clássico da esquerda latino-americana. O livro expõe o saque dos recursos da América Latina entre os séculos XV y XX.

Com a dedicatória "Para Obama com afeto", Chávez deu o livro de presente ao presidente americano durante a reunião de Obama com os líderes da União de Nações Sul-Americanas (Unasul), à margem da Cúpula das Américas de Trinidad e Tobago.

Esta não é a primeira vez que Chávez atua como agente literário involuntário: há três anos ele elogiou na Assembleia Geral da ONU em Nova York uma obra de Noam Chomsky, "Dominar o mundo ou salvar o planeta: América em busca da hegemonia mundial", que depois disso também registrou um aumento expressivo nas vendas.

chl/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG