Livro que ataca Obama está entre os mais vendidos nos EUA

Teresa Bouza Washington, 15 ago (EFE).- O livro The Obama Nation, que ataca o candidato presidencial Barack Obama e que o democrata qualificou como uma série de mentiras, estréia no domingo já em primeiro lugar na lista dos mais vendidos do jornal The New York Times.

EFE |

"The Obama Nation", cuja pronunciação em inglês é similar à da palavra "abominação", é obra de Jerome Corsi, que sugere que Obama é um muçulmano disfarçado e um radical que esconde um grande ressentimento sob sua aparente plácida feição.

O polêmico escritor alcançou a fama em 2004 como co-autor de "Unfit for Command", que atacava o histórico militar do então candidato democrata John Kerry.

O livro iniciou uma longa e devastadora campanha contra Kerry, que acabou perdendo a disputa eleitoral para o atual presidente americano, George W. Bush.

Corsi e seus seguidores conseguiram prejudicar Kerry em 2004 e o autor, que diz que colaborará em campanhas negativas contra Obama, confessa abertamente perseguir resultados similares este ano.

"Meu objetivo é derrotar Obama. Não quero que ele seja presidente", afirmou esta semana em declarações ao "New York Times".

"The Obama Nation" incorpora também dados e afirmações falsas, ao afirmar que Obama não dedicou seu livro autobiográfico "Dreams from my father" à sua família e que não revelou a poligamia e o alcoolismo de seu pai.

Em outra parte do livro, Corsi cita um relatório do site NewsMax.com, que diz que Obama teria participado do sermão do pastor Jeremiah Wright em 22 de julho de 2007.

Obama abandonou há alguns meses a congregação de Chicago e assegurou não ter estado presente no citado sermão, no qual o pastor culpou a arrogância dos brancos americanos pelo "sofrimento no mundo e, sobretudo, pela opressão aos negros".

Corsi questiona, além disso, se Obama deixou de consumir maconha e cocaína aos 20 anos, como o próprio senador democrata diz.

O autor afirma também que Obama recebeu uma ampla educação religiosa islâmica durante sua infância na Indonésia, "algo reservado só aos verdadeiramente crentes".

O candidato presidencial democrata é cristão e durante sua infância estudou tanto em escolas católicas como em colégios públicos da Indonésia, nos quais teve aulas básicas sobre o Corão.

Os assessores do senador disseram que o livro deveria estar na categoria de ficção e prepararam uma resposta de 40 páginas que será publicada em FightTheSmears.com, site onde se desmontam rumores sobre Obama.

Além de "The Obama Nation", outros dois livros contra o senador por Illinois foram publicados recentemente: "The Case Against Barack Obama" e "Fleeced", que também estão entre os mais vendidos no país.

EFE tb/ab/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG