Um novo livro publicado na Alemanha traz dezenas de fotos que giram em torno de um único tema: os quartos das prostitutas profissionais. O autor do livro, o alemão Patric Fouad, passou meses fotografando os locais e define sua obra como uma mistura de livro de arquitetura e documentação sociológica.

Ele diz que seu objetivo era mostrar um dos lugares considerados mais íntimos e secretos da sociedade alemã, e que ficou impressionado com a ordem que rege nos bordéis.

O livro recebeu o título de Frauenzimmer, que em alemão tem dois significados: pode ser traduzido como "quarto de mulher" ou como um antigo sinônimo para mulheres de baixo calão.

Os quartos apresentados no livro variam desde locais humildes com apenas uma cama colchão até suites decoradas luxuosamente.

Entre as fotos mais esdrúxulas estão um quarto que parece uma tenda oriental e um que se parece com um presépio.

A editora alemã Kehrer, que publicou o livro, deixa claro que "não se trata de um guia de bordéis nem de propaganda para o setor."
O projeto foi possibilitado pela profissionalização da prostituição na Alemanha anos atrás. Desde 2001 as prostitutas são reconhecidas como profissionais e podem ser empregadas regularmente por bordéis.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.