Livni se reúne em Jerusalém com negociador palestino

Jerusalém, 23 set (EFE).- A ministra de Assuntos Exteriores israelense, Tzipi Livni, se reuniu hoje em Jerusalém com o chefe da equipe de negociação palestina nas conversas de paz, Ahmed Qorei, pela primeira vez desde que foi eleita líder do partido Kadima.

EFE |

Livni também continua à frente da equipe negociadora israelense nas conversas com os palestinos, cargo que desempenhará até o começo de novembro, quando vence o prazo para a formação de um novo Governo, tarefa encomendada nesta segunda-feira pelo presidente de Israel, Shimon Peres.

Fontes próximas à chanceler israelense não revelaram detalhes sobre o encontro com Qorei.

"Enquanto ainda não houver um acordo para a coalizão de Governo fechado e mantiver conversas com vários partidos, (Livni) toma bastante cuidado para não fazer públicas suas atuações diplomáticas", disseram à Agência Efe fontes do Ministério de Assuntos Exteriores de Israel.

Segundo a imprensa local, Qorei declarou após o encontro com Livni que ela afirmou que continuará as conversas de paz ao mesmo tempo em que tenta formar um novo Executivo.

Israelenses e palestinos se comprometeram na Conferência de Annapolis, nos Estados Unidos, em novembro de 2007, a retomar o diálogo político, buscando alcançar um acordo de paz antes do final de 2008 ou em janeiro de 2009 no qual serão definidas as bases para a criação de um Estado palestino.

Após a reunião com Livni, Qorei disse em um ato público com membros no movimento nacionalista Fatah em Ramala, na Cisjordânia, que se as negociações com Israel fracassarem, a resistência contra a ocupação em todas as suas formas será um direito legítimo do povo palestino.

"Os palestinos continuarão negociando. Mas se as conversas não chegarem a lugar nenhum, o que faremos, nos entregar? A resistência em todas as suas formas é um direito legítimo", manifestou. EFE db/wr/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG