A líder do partido israelense Kadima (centro), Tzipi Livni, rejeitou de novo participar em um governo dirigido pelo conservador Benjamin Netanyahu, durante uma reunião mantida nesta sexta-feira entre os dois.

"Nossa reunião concluiu sem acordo sobre as questões essenciais", eclarou Livni, depois de uma entrevista de uma hora e meia em Tel Aviv com Netanyahu, líder do Likud.

"Apoiarei o governo que se formar em caso de necessidade. Faremos uma oposição responsável. Apoiaremos para fazer frente às ameaças contra Israel quando for necessário", enfatizou.

ms-pa/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.