Lituânia nega ter abrigado prisão secreta da CIA

As autoridades lituanas negaram nesta sexta-feira a informação divulgada na véspera pelo canal americano ABC News de que a república báltica abrigou uma prisão secreta da CIA.

AFP |

"O ministério das Relações Exteriores nega qualquer rumor sobre a existência de uma prisão secreta em seu território", declarou à AFP Rolandas Kacinskas, porta-voz do ministério.

Segundo a emissora americana, que citou como fonte um antigo funcionário da CIA, uma das oito prisões que a Agência de Inteligência instalou ao redor do mundo para interrogar os detentos da Al-Qaeda depois do 11 de setembro ficaria na Lituânia.

O antigo país do bloco soviético teria aceitado receber uma prisão para melhorar a relação com os Estados Unidos.

O canal americano informou que a prisão ficava nas proximidades de Vilnius, a capital do país, e teria recebido oito homens, com funcionamento até 2005.

mvi-sw/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG