Cairo, 4 mar (EFE).- A Liga Árabe manifestou hoje sua forte insatisfação pela ordem de detenção contra o presidente sudanês, Omar al-Bashir, e anunciou que mandará uma delegação ao Conselho de Segurança da ONU para adiar a execução.

Em comunicado ao término de uma reunião extraordinária no Cairo, os ministros de Assuntos Exteriores árabes expressaram sua solidariedade ao Sudão, após ser ditada hoje uma ordem de detenção por parte do Tribunal Penal Internacional (TPI) contra Bashir por crimes de guerra e lesa-humanidade em Darfur. EFE aj-ssa/an

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.