Cairo, 14 mai (EFE) - A Liga Árabe reiterou hoje a necessidade da criação de um Estado palestino independente com capital em Jerusalém Oriental para que o Oriente Médio consiga paz e estabilidade.

A organização pan-árabe, que reúne 22 países, divulgou uma declaração em sua sede do Cairo para celebrar, amanhã, o 60º aniversário da criação do Estado de Israel.

"A criação de um Estado palestino independente, com capital em Jerusalém Oriental, é a base fundamental para a paz e a estabilidade do Oriente Médio", ressalta a nota.

Nesse sentido, o comunicado adverte de que os países árabes "não renunciarão a esse objetivo por considerá-lo legítimo, já que está baseado nos princípios da justiça e no direito do povo palestino à autodeterminação".

A nota lembra que em 15 de maio serão completadas seis décadas do "colapso da Palestina" ou "nakbat haifa", como os árabes denominam a fundação do Estado de Israel, porque forçou à saída de milhares de palestinos de seus lares.

A Liga Árabe afirma que o acontecimento causou "uma injustiça sem precedentes na história contemporânea".

A organização pan-árabe pediu aos estrangeiros que participam das festividades israelenses que "recorram à razão e aos princípios para não esquecer que o povo palestino ainda vive na diáspora devido à usurpação israelense de suas terras". EFE aj/bm/db

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.