Publicidade
Publicidade - Super banner
Mundo
enhanced by Google
 

Liga Árabe convoca ministros de Exteriores para falar de crise palestina

Cairo, 31 ago (EFE).- O secretário-geral da Liga Árabe, Amre Moussa, convocou os ministros de Assuntos Exteriores árabes para uma reunião em 8 de setembro, a fim de discutir o conflito entre as facções rivais palestinas do Fatah e do Hamas.

EFE |

Moussa fez o anúncio em entrevista coletiva, após uma cerimônia realizada em honra do delegado palestino, diante da organização pan-árabe, Hussein Abdel Jaleq, por ocasião do fim de seu trabalho diplomático, informou a agência de notícias egípcia "Mena".

O principal responsável da Liga Árabe afirmou que a "continuação da divisão e do derramamento de sangue causado (pela luta entre Fatah e Hamas) é algo inadmissível".

Além disso, não descartou a possibilidade da mobilização de um contingente pan-árabe de pacificação na Faixa de Gaza, para colocar fim ao conflito entre essas duas milícias palestinas.

"Há muitas idéias (para resolver a crise), não só a do envio de uma força pan-árabe a Gaza. O ministro de Exteriores egípcio, Ahmed Abu el-Gheit, recebeu a proposta da iniciativa, e não a descartou", lembrou Moussa.

Além disso, afirmou que a decisão da mobilização pan-árabe na Faixa de Gaza depende dos resultados dos esforços mantidos para a reconciliação entre os palestinos.

"A chave da solução para a crise está na reconciliação de todos os palestinos", concluiu.

Além disso, o secretário-geral adjunto da Liga Árabe, Mohammed Sabih, disse que sua organização não recebeu, até agora, nenhum pedido formal por parte de algum país-membro sobre o envio de tropas árabe a Gaza.

"Em todo caso, essa mobilização precisa da aprovação dos palestinos", concluiu o responsável. EFE aj/an

Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG