Líderes sul-americanos evitam condenar pacto Colômbia-EUA

QUITO (Reuters) - Os presidentes sul-americanos reunidos nesta segunda-feira em Quito, na cúpula da Unasul, evitaram condenar o acordo militar entre Colômbia e EUA no documento final do encontro, apesar de a Venezuela desejar uma sanção. Os países membros da União de Nações Sul-Americanas (Unasul) tratarão o tema da presença militar norte-americana na Colômbia durante uma reunião de chanceleres e ministros de Defesa sul-americanos que será realizada no final de agosto, segundo fontes diplomáticas.

Reuters |

(Por Alexandra Valencia e Eduardo Garcia)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG