O presidente e o secretário-geral da principal central sindical do Zimbábue foram detidos pela polícia, acusados de incitar a rebelião contra o governo, anunciou um porta-voz da organização.

O presidente do Congresso de Sindicatos do Zimbábue (ZCTU), Lovemore Matombo, e seu secretário-geral, Wllington Chibebe, foram presos na quinta-feira e nesta sexta-feira, informou à AFP Last Charabuka, porta-voz da central.

"Foram detidos por incitação à rebelião contra o governo durante um discurso pronunciado no dia 1º de maio".

"A polícia também os acusa de propagar informações falsas, hostis ao governo", acrescentou.

gm/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.