Líderes mundiais inauguram cúpula progressista no Chile

Viña del Mar (Chile), 28 mar (EFE).- Quatro presidentes latino-americanos, três chefes de Governo europeus e o vice-presidente dos Estados Unidos iniciaram hoje, na cidade chilena de Viña del Mar, a cúpula com a qual buscarão uma saída progressista à crise financeira mundial.

EFE |

Sob o lema "Crise financeira global e os desafios do desenvolvimento", os líderes de esquerda e centro-esquerda analisarão "respostas progressistas" à recessão econômica e seu impacto social.

"O mundo está vivendo momentos muito difíceis", disse na abertura da conferência a presidente do Chile, Michelle Bachelet, que afirmou que a chegada do presidente americano, Barack Obama, à Casa Branca inaugura uma "etapa de esperança".

A governante chilena festejou a primeira visita à América Latina do vice dos Estados Unidos, Joseph Biden, assim como a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e dos líderes de Argentina, Cristina Fernández de Kirchner, e Uruguai, Tabaré Vázquez.

Outros dirigentes que participarão do encontro são o premiê do Reino Unido, Gordon Brown, o primeiro-ministro da Noruega, Jens Stoltenberg, e o chefe do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero.

Os líderes realizam o encontro de Viña del Mar com o pano de fundo da Cúpula do Grupo dos Vinte (G20, que reúne as nações mais ricas e principais emergentes), que será realizada em Londres em 2 de abril, onde também serão analisadas propostas para buscar uma saída à crise financeira. EFE gs/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG