Líderes latino-americanos apóiam presidente salvadorenho

Os presidentes latino-americanos, que nesta segunda-feira assistiram à posse de Mauricio Funes como presidente de El Salvador, prometeram apoiá-lo no que for necessário para governar o país.

AFP |

Luiz Inácio Lula da Silva, um dos mais assediados pelos jovens durante a posse de Funes, disse à AFP que deseja "o melhor para seu amigo e vai estar com ele" no governo.

Segundo a presidente do Chile, Michelle Bachelet, "tudo isto é uma prova da maturidade democrática de El Salvador". O presidente Funes "falou dos desafios que o país tem pela frente e que manifestar o apoio do Chile para levá-los adiante".

Bachelet estimou que a luta contra a pobreza, que atinge 36% da população de El Salvador, as desigualdades e a crise financeira internacional são elementos que, a seu juízo, representam os principais desafios da administração de Funes nos próximos cinco anos.

O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, disse à AFP que o discurso de Funes durante sua posse mostra a "maturidade política e democrática" que atingiu El Salvador.

"Seu discurso mostra a vontade de renovar os esforços para fazer avançar um país sofrido, inaugurar um novo país com líderes progressistas na América Latina".

O presidente equatoriano, Rafael Correa, estimou que Funes "é um grande líder, que quer o melhor para seu povo e tem o nosso apoio".

O líder da Colômbia, Alvaro Uribe, destacou "o discurso muito importante, que mostra a maturidade política" de Funes, o novo presidente "de uma nação amiga".

ob/LR/sd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG