Líderes iraquianos não chegam a acordo político

Em sessão do Parlamento programada para esta quinta-feira, expectativa é que novo presidente seja eleito

AFP |

Líderes iraquianos concluíram nesta quarta-feira três dias de discussões sem conseguir entrar em um acordo sobre partilha do poder, mas fixaram para esta quinta-feira uma nova sessão do Parlamento para eleger seu presidente - etapa indispensável para pôr fim a oito meses de crise política.

"Decidiram que o parlamento se reunirá amanhã (quinta-feira)", indicou uma fonte parlamentar no fim da última sessão de negociações em Bagdá entre os principais líderes políticos, incluindo o atual primeiro-ministro, Nuri al-Maliki, e seu principal rival, Iyad Allawi.

A reunião ocorreu na residência em Bagdá do presidente da região autônoma do Curdistão, Masud Barzani.

O encontro era destinado a superar as divergências políticas para elaborar um acordo de partilha do poder a fim de encontrar uma saída para a crise que paralisa o funcionamento das instituições há oito meses.

O Iraque carece de governo desde as eleições legislativas de 7 de março, cujo resultado não deu a nenhum partido a possibilidade de governar sozinho.

    Leia tudo sobre: iraqueacordoimpasse político

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG