Líderes democratas criticam inércia de Bush diante da crise

Os líderes da maioria democrata no Congresso deploraram nesta quinta-feira a inércia do governo nas últimas semanas de presidência de George W. Bush para enfrentar a crise econômica.

AFP |

Os democratas pedem uma ação rápida para enfrentar a crise econômica, antes da posse do futuro Congresso, em janeiro, e defendem a adoção de um novo plano de socorro financeiro.

"Há necessidade de uma ação é clara e urgente, mas o governo fracassa ao agir de forma defensiva para deter a onda de despejos e se nega a usar a autoridade que recebeu do Congresso para ajudar os mutuários inadimplentes", disse Nancy Pelosi, a presidente democrata da Câmara de Representantes.

O valor dos imóveis está em queda e, segundo Pelosi, o número de mutuários obrigados a entregar suas casas cresceu 25% em um ano.

Para o senador democrata Chris Dodd, presidente da comissão bancária do Senado, "é cada vez mais evidente que um plano firme e ofensivo para deter a onda de despejos através do país é crucial para recolocar a economia nos trilhos".

emp/LR

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG