Líderes de Madagascar firmam acordo de transição em Maputo

Os líderes políticos malgaxes assinaram neste sábado à noite em Maputo um acordo de transição para por fim à crise em Madagascar e que prevê a organização de eleições presidenciais e legislativas nos próximos 15 meses, constatou a AFP.

AFP |

O acordo, que inclui uma "carta de transição", prevê que as eleições presidenciais e legislativas serão organizadas sob supervisão internacional, detalhou o mediador da ONU, Tiebele Drame.

O acordo coloca um ponto final a meses de uma crise política que começou com a derrubada do presidente eleito, Marc Ravalomanana, no dia 17 de março por Marc Rajoelina, que obteve o apoio do Exército. Dezenas de pessoas morreram nas manifestações antes da expulsão do mandatário da Presidência.

Ravalomanana, que participava da rodada de negociações que começaram na quarta-feira na capital de Moçambique sob mediação internacional, explicou que não participaria "pessoalmente" da transição, mas que seu movimento político estaria presente.

ale-ip/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG