Líderes da UE iniciam cúpula destinada à crise econômica

Bruxelas, 19 mar (EFE).- Os chefes de Estado e Governo da União Europeia (UE) começaram uma cúpula de dois dias, na qual discutirão a aplicação das medidas contra a grave crise econômica e sua repercussão no emprego.

EFE |

Este Conselho Europeu tentará também definir uma postura comum diante da cúpula do Grupo dos Vinte (G20, os países ricos e os principais emergentes), em Londres, na qual a UE defende a prioridade de uma reforma das normas que regulam o sistema financeiro internacional.

A cúpula começou com um debate com o presidente do Parlamento Europeu, Hans-Gert Pöttering, e continuará depois com outro sobre a ratificação do Tratado de Lisboa, pendente apenas da Irlanda e da República Tcheca.

Depois, começará a discussão econômica, que ocupará a maior parte do dia, e que se concentrará em repassar a aplicação das medidas aprovadas em dezembro.

Os 27 países-membros da UE tentarão entrar em acordo sobre os projetos prioritários, financiados com 5 bilhões de euros, do plano de reativação aprovado em dezembro.

A cúpula será retomada amanhã com a aprovação da associação do leste com seis países da Europa Oriental e do Cáucaso, e as conclusões. EFE rcf/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG