Líderes da UE apóiam entrada da Eslováquia na zona do euro

Bruxelas, 19 jun (EFE).- Os líderes da União Européia (UE) apoiaram hoje a adesão da Eslováquia à zona do euro a partir do próximo dia 1º de janeiro, segundo informaram fontes diplomáticas.

EFE |

Dez anos depois da implantação da moeda única e sete após sua entrada em circulação, a Eslováquia se transformará no 16º membro da União Econômica e Monetária (UEM).

A incorporação da Eslováquia à zona do euro deve ser ainda aprovada formalmente pelos ministros de Finanças (Ecofin), que em reunião no próximo dia 8 de julho também se encarregarão de fixar a mudança definitiva da coroa eslovaca para o euro, após receber uma proposta do Banco Central Europeu (BCE).

Esta será a quarta ampliação da eurozona, após a incorporação de Grécia, em 2001, Eslovênia, em 2007, e Malta e Chipre, em 2008.

Segundo relatórios da Comissão Européia e do BCE, Bratislava conseguiu os cinco requisitos para autorizar sua incorporação à divisa européia: estabilidade de preços e da taxa de câmbio, finanças saneadas, dívida pública contida, assim como a moderação das taxas de juros.

Após a aprovação formal de sua adesão e da fixação da taxa de câmbio, no próximo dia 8 de julho, a Eslováquia terá quase seis meses para completar os preparativos para a implantação da nova divisa. EFE epn/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG