O líder oposicionista queniano Raila Odinga anunciou hoje que ele e o presidente do Quênia, Mwai Kibaki, chegaram a um acordo para a composição do novo gabinete de governo. Em conversa com jornalistas em Nairóbi, Odinga comentou que os detalhes do gabinete serão divulgados no domingo.

O anúncio do líder de oposição vem à tona apenas um dia depois de o ex-secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) Kofi Annan ter-se declarado seriamente preocupado com o lento ritmo da formação do novo governo com base num acordo de partilha de poder fechado em fevereiro.

O acordo pôs fim à violência que tomou conta do Quênia depois das eleições de dezembro do ano passado. Mais de mil pessoas morreram no decorrer de quase dois meses de distúrbios políticos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.