Líder xiita iraquiano Moqtada al-Sadr reorganizará poderosa milícia

O líder radical xiita iraquiano Moqtada al-Sadr anunciou a reorganização de sua poderosa milícia, que manterá um núcleo especial para combater os soldados norte-americanos e que também deverá realizar mais atividades sociais entre a população iraquiana.

AFP |

"Devem saber que a resistência será efetuada exclusivamente por um grupo especial que anunciarei mais tarde", declarou Moqtada al-Sadr em um comunicado lido por um de seus assessores na cidade de Kufa, 140 km ao sul de Bagdá.

"Continuaremos resistindo ao ocupante até a libertação ou a morte. Esse grupo será profissional e será o único a ter armas", acrescentou.

Segundo o líder xiita, esse grupo, apresentado como uma unidade de elite, "atuará somente contra o ocupante (...) e será proibido de utilizar as armas contra os iraquianos".

Moqtada al-Sadr, comandante-em-chefe do Exército do Mahdi, uma milícia de cerca de 60.000 homens, pediu a seus milicianos que "desempenhem um papel social e religioso".

A reorganização do Exército do Mahdi é realizada no momento em que o governo iraquiano negocia com os Estados Unidos um acordo sobre a presença norte-americana no Iraque depois de 2008.

O Exército do Mahdi, criado em 2003, é considerado a mais poderosa milícia iraquiana.

str-sf-kat/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG