Líder xiita Abdel Aziz al-Hakim é enterrado no Iraque

Bagdá, 29 ago (EFE).- O corpo do clérigo Abdel Aziz al-Hakim, líder do principal partido xiita do Iraque, foi enterrado hoje na cidade santa de Najaf, a 160 quilômetros ao sul de Bagdá, em um funeral que reuniu milhares de pessoas.

EFE |

Segundo a rede de televisão estatal "Al Iraqiya", o ex-dirigente do Conselho Supremo Islâmico do Iraque foi enterrado no cemitério de Wadi al-Salam (Vale da Paz) de Najaf, sua cidade natal, junto ao túmulo de seu irmão mais velho Mohammed Baqir al-Hakim, seu antecessor na chefia do partido.

O religioso xiita, de 56 anos, morreu na quarta-feira passada em Teerã, onde recebia tratamento por um câncer de pulmão.

O funeral em Najaf foi realizado em meio a estritas medidas de segurança, que incluíram 42 mil policiais, para evitar qualquer atentado.

Calcula-se que 200 mil pessoas, entre elas o ministro de Exteriores iraniano, Manouchehr Mottaki, que chegou hoje ao Iraque em uma visita surpresa, foram ao funeral.

Al-Hakim foi um dos principais líderes políticos do país ao ocupar a chefia do Conselho Supremo para a Revolução Islâmica do Iraque, em 2003, que, em 2007, retirou a palavra "revolução" de seu nome oficial.

Após um exílio de duas décadas no Irã, Al-Hakim se tornou líder do Conselho após o assassinato, no dia 29 de agosto de 2003, de seu irmão, em um atentado com carro bomba em Najaf, que também causou a morte de mais 58 pessoas.

Além de dirigir o Conselho, Al-Hakim liderava o maior partido político no Parlamento, a Aliança Unida Iraquiana, substituída há dois dias pela Coalizão Nacional Iraquiana. EFE am-aj-ssa/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG