Dublin, 29 jan (EFE).- O líder do majoritário Partido Democrático Unionista (DUP) da Irlanda do Norte, Peter Robinson, assegurou hoje que está disposto a chegar a um acordo com o republicano Sinn Féin se a legenda republicana flexibilizar suas posições.

Robinson, que permanece temporariamente afastado de seu cargo de ministro principal norte-irlandês por causa de um escândalo, fez essas declarações quando, após um descanso, retornou ao castelo de Hillsborough (arredores de Belfast) para continuar negociando uma saída para a crise que ameaça a estabilidade da autonomia da província britânica.

"Acho que é perfeitamente possível conseguir um resultado se todo mundo estiver disposto a ir um pouco mais longe. Mas temos que fazê-lo de modo que as pessoas se sintam cômodas e acreditarmos que temos algo nas mãos que possa ser vendido às pessoas que representamos", explicou o dirigente unionista.

Embora não tenha entrado em detalhes, Robinson confirmou que ambos os partidos ainda mantêm diferenças em relação a certos aspectos da devolução ao Governo de Belfast das competências de Justiça e Interior, atualmente administradas por Londres. EFE ja/ma

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.