Líder supremo iraniano afirma que muçulmanos devem defender Gaza

Teerã, 28 dez (EFE)-. O líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, afirmou hoje que todos os muçulmanos são obrigados a defender a população de Gaza dos ataques israelenses.

EFE |

"Todos os mujahedins (combatentes) da Palestina, assim como todos os crêem no mundo de Islã devem cumprir sua obrigação histórica de fazer uma frente única contra o regime sionista", disse Khamenei, citado pela agência de notícias "Isna".

Máxima autoridade na hierarquia de poder do Irã, Khamenei condenou categoricamente "os horríveis crimes" cometidos pelos "sionistas" em Gaza.

Além disso, o clérigo iraniano acusou o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, de ser cúmplice de Israel e criticou o silêncio das organizações internacionais e dos dirigentes árabes diante destes "crimes".

Khamenei chamou a Administração Bush de "Governo criminoso" e disse que os executivos europeus "demonstraram com seu silêncio a falsidade de suas idéias de defender os direitos humanos".

Também hoje, membros do Parlamento iraniano se concentraram hoje na Praça Palestina, no centro de Teerã, para protestar contra os ataques israelenses em Gaza, que deixaram até agora 282 mortos. EFE msh/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG