Líder supremo do Irã convoca iranianos a participarem do 2º turno

Teerã, 23 abr (EFE).- O líder supremo da Revolução Iraniana, o aiatolá Ali Khamenei, pediu hoje aos iranianos que evitem as divergências e participem em massa do segundo turno das eleições parlamentares, previstas para a próxima sexta-feira, quando estarão em jogo as 82 cadeiras ainda sem deputados.

EFE |

"Mantenham-se unidos e evitem as divergências e os conflitos, já que os inimigos utilizam (essas divergências) em sua guerra propagandística contra a República Islâmica", pediu Khamenei à população e aos grupos políticos.

"É importante participar das eleições. (...) o povo constatará, por meio de sua ampla participação no segundo turno, que nunca dá um passo para trás", disse Khamenei, o homem que tem a última palavra no Irã.

Em discurso em Teerã, Khamenei elogiou a atuação política e econômica do Governo de Ahmadinejad, contra as críticas da população e da oposição reformista, por causa da incontrolável inflação, de 19%, e da incessante alta dos preços.

Segundo a agência "Irna", o líder supremo chamou os mais de 43 milhões de iranianos convocados às urnas a votarem nos "candidatos que cooperem com o Executivo e com o Poder Judiciário", liderado pelo aiatolá Mahmoud Shahrudi, uma das figuras mais próximas a Khamenei.

"O regime arrogante (norte) americano e a rede satânica sionista (israelense) realizam uma campanha de propaganda contra o Irã (...) Estão fazendo muito barulho e acusações, porque estão decepcionados por não terem conseguido vencer os iranianos", disse Khamenei.

Ele também chamou de "Governo ativo" o Executivo de Ahmadinejad, cujos membros, em sua opinião, "atuam de forma contínua para realizar obras importantes e de valor".

Nas eleições de 14 de março, foram escolhidos 204 dos 290 deputados do Parlamento. Os conservadores obtiveram mais de 130 cadeiras, embora muitos deles sejam críticos da política econômica do presidente iraniano, o ultraconservador Mahmoud Ahmadinejad. EFE fa-msh/chs/fb

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG