A maior autoridade islâmica do Egito disse que vai baixar um decreto religioso (fatwa) contra a tendência crescente, entre as mulheres do país, de usar o véu que cobre todo o rosto - conhecido como niqab. O xeque Mohamed Tantawi, reitor da universidade de al-Azhar, disse que cobrir o rosto todo com o veu é um costume que não tem nada a ver com a fé islâmica.

Embora a maioria das mulheres no Egito use apenas o véu islâmico que cobre a cabeça, um número crescente vem adotando o véu completo.

Arábia Saudita
A prática é associada a tendências islâmicas mais radicais, influenciadas pelo tipo de islamismo praticado na vizinha Arábia Saudita.

A questão envolvendo o uso do véu teria surgido quando Tantawi visitava uma escola de meninas no Cairo, no fim de semana.

Ele teria pedido a uma das meninas que tirasse o véu que cobria seu rosto.

Segundo o jornal egípcio al-Masri al-Yom, o xeque teria expressado surpresa diante dos trajes da menina, dizendo a ela que o uso do véu era apenas uma tradição, sem qualquer conexão com a religião ou o Alcorão (livro sagrado dos muçulmanos).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.