Líder rebelde congolês Laurent Nkunda detido em Ruanda

O líder de etnia tutsi da rebelião congolesa Laurent Nkunda foi preso na quinta-feira à noite em Ruanda, anunciou o chefe de polícia da República Democrática do Congo (RDC).

AFP |

"O Estado-Maior conjunto das FARDC (Forças Armadas da RDC) e elementos do RDF (Exército ruandês) informam à opinião pública a detenção do general deposto Laurent Nkunda na quinta-feira, em território ruandês, depois de ter oposto uma breve resistência a nossos militares em Bunangana", afirma um comunicado assinado pelo inspetor geral da polícia da RDC, John Nundi.

As forças ruandesas e congolesas chegaram na noite de quinta-feira à cidade congolesa de Bunangana, reduto do líder da rebelião do Conselho Nacional para a Defesa do Povo (CNDP) na província de Kivu Norte, leste da RDC.

Nkunda perdeu força quando, em 16 de janeiro, os principais comandantes de sua rebelião passaram para o lado das forças oficiais congolesas e ruandesas.

Soldados de Ruanda e da RDC iniciaram no dia 20 de janeiro uma operação conjunta para encontrar os rebeldes hutus ruandeses, refugiados na RDC desde o genocídio de Ruanda de 1994, no qual morreram 800.000 pessoas segundo a ONU, em sua maioria de etnia tutsi.

hba-jpc/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG