Líder parlamentar dos EUA pede que China use influência na Coreia do Norte

Pequim, 28 mai (EFE).- A presidente da Câmara de Representantes dos Estados Unidos, Nancy Pelosi, reuniu-se na terça-feira à noite com os principais líderes chineses a que pediu que Pequim use sua influência para deter a escalada armamentista da Coreia do Norte.

EFE |

"Nossa delegação também destacou a preocupação com a pobre situação dos direitos humanos na China e no Tibete", destacou Pelosi, através de um comunicado emitido pela parte americana.

A mudança climática, os direitos humanos, as questões de propriedade intelectual e a crise financeira global foram outros temas na agenda, destacou o comunicado.

Pelosi afirmou, ao término da reunião que manteve com o presidente da China, Hu Jintao; com o primeiro-ministro, Wen Jiabao; e com o chefe do Legislativo, Wu Bangguo, que as "produtivas" discussões analisaram "como China e EUA podem cooperar para melhorar a segurança internacional, o crescimento das economias e a proteção ambiental".

Alguns meios de comunicação informaram sobre protestos junto à embaixada americana, mas a delegação não quis dar detalhes sobre os incidentes. EFE abc/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG