De acordo com a rede árabe Al Jazeera, autoridade palestina fez grandes concessões a Israel

O negociador-chefe palestino, Saeb Erekat, reconheceu nesta terça-feira que o vazamento de documentos secretos pela emissora "Al Jazeera" sobre as negociações entre israelenses e palestinos, foram roubados de computadores do Departamento de Negociação da Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

Nos últimos dias foram divulgados vários documentos secretos que revelaram concessões que os palestinos estiveram dispostos a fazer para avançar no processo de paz com Israel, que Erekat qualificou de imprecisos e que tinham sido tirados do contexto.

Presidente palestino, Mahmoud Abbas, em entrevista hoje ao lado do embaixador palestino no Egito, Barakat Al-Farra (direita), e o negociador-chefe palestino, Saeb Erekat
Reuters
Presidente palestino, Mahmoud Abbas, em entrevista hoje ao lado do embaixador palestino no Egito, Barakat Al-Farra (direita), e o negociador-chefe palestino, Saeb Erekat

Entre as revelações divulgadas pela emissora árabe com sede no Catar estavam a suposta renúncia palestina aos assentamentos judaicos de Jerusalém Oriental, exceto o bloco de Har Homah - próximo a Belém -, assim como os bairros judeu e armênio da antiga cidade santa, e sobre o direito de retorno dos refugiados palestinos.

No entanto, depois que a agência de notícias palestina "Ma'an" informasse com base em fontes "bem informadas" que os documentos foram roubados dos escritórios de Erekat, este confirmou a informação nesta terça-feira. "Sim, os documentos foram roubados dos computadores do escritório do Departamento de Negociações da OLP", reconheceu Erekat à emissora "Voz da Palestina".

Erekat insistiu que a rede de televisão deve mostrar o conteúdo de todos os documentos que supostamente diz que são secretos e afirmou que o que fez "supõe uma vergonha sem precedentes na história do mundo árabe". Fontes do Departamento de Negociação da OLP disseram à Agência Efe que estão investigando a origem do vazamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.