Líder opositor pede calma e põe seguidores em alerta no Irã

Teerã, 9 set (EFE).- O líder opositor iraniano Mir Hussein Moussavi pediu a seus seguidores que mantenham a calma e permaneçam em alerta após as recentes detenções de alguns de seus colaboradores e o fechamento do escritório do clérigo reformista Mehdi Karrubi.

EFE |

"Mantenham a calma e estejam em alerta. Os últimos eventos não farão mais que prejudicar seus oponentes, como outros movimentos fizeram", disse Moussavi em comunicado publicado em seu site.

"Está claro que suas tentativas de devolver a calma à sociedade não vão encontrar uma resposta mesurada. Os dias que se aproximam vão ser verdadeiramente perigosos", acrescenta a nota, reproduzida parcialmente pela TV oficial em inglês.

O site "Mowjcamp" anunciou hoje que a Polícia iraniana deteve na terça-feira Ali Reza Hosseini Beheshti, um dos principais aliados de Moussavi e responsável pelo comitê formado pela oposição para investigar os abusos a detidos durante os protestos após as eleições. EFE jm/rr

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG