Líder opositor é reeleito para possível eleição antecipada no Japão

Tóquio, 8 set (EFE).- Ichiro Ozawa foi reeleito hoje presidente do Partido Democrático (PD), principal força opositora do Japão, quando se especula com a possibilidade de que se convoquem eleições gerais antecipadas, em novembro.

EFE |

Fontes do Partido Liberal-Democrata (PLD, governo), que escolherá seu presidente e futuro primeiro-ministro em duas semanas, assinalaram que o pleito poderiam ser em 9 ou 16 de novembro, segundo publica hoje o jornal econômico "Nikkei".

O atual primeiro-ministro, Yasuo Fukuda, anunciou no último dia 1º sua renúncia perante o bloqueio opositor na Dieta (Parlamento) e o PLD fixou para o dia 22 a escolha de seu presidente, que será designado primeiro-ministro no dia 24 pela Câmara de Representantes, onde a coalizão governamental tem um grande maioria.

Se estas expectativas se cumprirem, Ozawa, líder opositor de 66 anos que foi reeleito hoje para um terceiro mandato, tem possibilidades de romper o regime de partido único que quase de fato está vigente no Japão há meio século.

Ozawa, ex-membro do PLD, foi designado hoje presidente da força opositora, posto ao qual se apresentou como único candidato em seu partido. EFE psh/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG