Líder opositor diz que protestos no Irã vão continuar--site

TEERÃ (Reuters) - O líder da oposição do Irã Mirhossein Mousavi disse nesta segunda-feira que os protestos pró-reformistas realizados no país desde a contestada eleição presidencial em junho irão continuar, informou seu site. A trajetória pró-reformista vai continuar, disse Mousavi em um comunicado. O governo deve respeito à Constituição e deve deixar nos reunirmos para honrar o assassinato daqueles que amamos na quinta-feira.

Reuters |

"Os assassinatos e as prisões são uma catástrofe, as pessoas não irão perdoar aqueles que estão por trás de tais crimes", disse. "Eu tenho certeza que o Judiciário não é informado sobre muitas das prisões."

A eleição de 12 de junho mergulhou o país na maior crise desde a Revolução Islâmica de 1979 e expôs profundas divisões em sua elite dominante.

A mídia iraniana relatou muitos casos de mortes pelos protestos após as eleições.

O chefe do Poder Judiciário do Irã, aiatolá Mahmoud Hashemi-Shahroudi, ordenou ao Judiciário nesta segunda-feira que acompanhe os casos dos manifestantes detidos, informou a agência de notícias estudantil Isna.

(Reportagem de Parisa Hafezi)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG