Líder norte-coreano Kim Jong-Il recebe autoridade chinesa

O líder norte-coreano Kim Jong-Il recebeu um alto representante do governo chinês, nesta sexta-feira em Pyongyang, em sua primeira reunião com uma autoridade estrangeira desde seu suposto ataque cerebral no verão passado, anunciaram as agências oficiais chinesa e norte-coreana.

AFP |

O anúncio desmente os rumores persistentes sobre o estado de saúde do líder norte-coreano, de 66 anos. Segundo fontes sul-coreanas e americanas, Kim sofreu um ataque cerebral em agosto, mas o encontro parece demonstrar que em todo caso se recuperou e continua exercendo o poder no país comunista da Ásia.

Este encontro, que aconteceu dois dias depois da posse do presidente americano Barack Obama, pode também, segundo especialistas, ser sinal de que o regime norte-coreano está disposto a discutir a questão de seu armamento nuclear com a nova administração de Washington.

"Kim Jong-Il, o dirigente da República Popular Democrática da Coréia, recebeu Wang Jiarui, diretor do departamento internacional do Comitê Central do Partido Comunista Chinês, nesta sexta-feira em Pyongyang", indicou a agência oficial China Nova, sem mais detalhes.

"A lógica dita que Kim tem boa saúde, pois recebeu uma autoridade estrangeira", declarou Kim Ho-Nyoun, porta-voz do ministério sul-coreano da Unificação.

Os meios de comunicação oficiais norte-coreanos, que confirmaram a reunião, não haviam anunciado nenhum encontro com dirigentes estrangeiros desde o suposto ataque cerebral, levantando suspeitas sobre sua capacidade para dirigir o país ou tomar decisões sobre seu programa nuclear.

ph-jg-pt/lm/fp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG