Líder nas pesquisas, Berlusconi recusa debate com rivais na TV

NáPOLES (Reuters) - O líder de centro-direita italiano Silvio Berlusconi -- primeiro colocado nas pesquisas de intenção de voto para as eleições parlamentares deste mês --, disse nesta sexta-feira que não participará de um debate de TV entre todos os candidatos a primeiro-ministro. Durante a campanha, Berlusconi se recusou a debater na televisão com seu principal rival, o líder de centro-esquerda Walter Veltroni. O mais próximo de um debate ao vivo entre os dois foram entrevistas feitas separadamente com eles e transmitidas uma após outra na TV, na terça-feira.

Reuters |

A TV estatal RAI informou nesta sexta-feira que irá realizar um debate entre os líderes dos 15 partidos políticos na noite de 11 de abril, último dia de campanha antes das eleições marcadas para os dias 13 e 14 deste mês. Pouco depois, Berlusconi disse que não irá.

'Não, não, acho que será totalmente contraproducente para quem participa', disse Berlusconi, magnata da mídia, aos jornalistas em Nápoles, depois de participar de um comício nessa cidade do sul da Itália.

(Reportagem de Gavin Jones e Matthew Jones)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG