Líder muçulmano de república da Federação Russa é morto a tiros

Moscou, 20 set (EFE).- O vice-presidente da comunidade muçulmana de Karachaevo-Cherkessia e reitor do Instituto Islâmico, Ismail Bostanov, foi assassinado hoje a tiros em Cherkessk, a capital dessa república da Federação Russa, informaram fontes policiais.

EFE |

Bostanov foi baleado por desconhecidos em pleno centro de Cherkessk, quando seu automóvel parou em um semáforo, disse um porta-voz da Polícia à agência "Interfax".

No ataque ficou ferido um filho de Bostanov, cuja identidade não foi informada e que foi internado em um hospital local.

O chefe do Centro Coordenador dos muçulmanos do Cáucaso Norte e mufti de Karachaevo-Cherkessia, Ismail Berdiev, expressou sua indignação pelo crime, cometido quando os islamitas de todo o mundo comemoram a festa do fim do mês de jejum do Ramadã. EFE bsi/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG