Líder iraquiano diz que retirada dos EUA pode levar a guerra civil

Cairo, 5 fev (EFE).- O presidente da região autônoma do Curdistão iraquiano, Masoud Barzani, advertiu hoje, no Kuwait, que uma retirada precipitada das tropas americanas mobilizadas no Iraque poderia causar guerra civil.

EFE |

"Ainda não é o momento adequado para uma retirada repentina das forças americanas, porque essa retirada poderia levar a uma guerra civil, já que as tropas iraquianas não estão capacitadas para controlar a segurança em todo o território iraquiano", disse Barzani, em declarações reproduzidas pelo site do Partido Democrático do Curdistão.

Em declarações à imprensa, realizadas no fim de uma visita de três dias ao Kuwait, Barzani também disse que as relações do território autônomo do Curdistão iraquiano com Israel dependem do Governo central do Iraque.

Além disso, acrescentou que, caso fosse estabelecida qualquer tipo de relação com o Estado judeu, seu Governo a divulgaria. EFE nq/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG