Líder indígena é encontrado morto no norte da Colômbia

Bogotá, 24 jan (EFE).- O líder indígena colombiano Efraín Antonio Basilio foi encontrado morto em uma localidade rural do norte da Colômbia, denunciaram hoje autoridades aborígines.

EFE |

Basilio morreu degolado e seu corpo foi queimado, informou o Conselho Regional Indígena Zenú de Córdoba e Sucre, do qual a vítima era o curandeiro tradicional e secretário.

O corpo do aborígine foi encontrado no sábado na localidade de Sampués, no departamento de Sucre.

Basilio morava em Esperança, um assentamento aborígine em Sampués e estava desaparecido desde sexta-feira.

O assentamento faz parte de uma reserva da etnia Zenú que se estende por várias regiões de Sucre e no departamento vizinho de Córdoba.

Basilio havia recebido três chamadas no celular para atender um doente.

Alguns meios regionais afirmam que os aborígines não descartam que o crime tenha relação com as disputas de terra na região. EFE jgh/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG