Líder dos protestos diz que crise acabará antes do dia 5 de dezembro

BANGCOC - Um dos líderes da Aliança do Povo para a Democracia, Chamlong Srimuang, anunciou neste sábado que o protesto que mantêm nos dois aeroportos de Bangcoc para pedir a renúncia do Governo acabará antes do dia 5 de dezembro, dia do aniversário do rei Bhumibol Adulyadej da Tailândia.

EFE |

Srimuang, ex-governador de Bangcoc e general do Exército na reserva, expressou sua disposição para falar com o primeiro-ministro do país, Somchai Wongsawat, mas não na cidade de Chiang Mai porque é muito longe, apontou.

O governante transferiu temporariamente na quinta-feira passada a sede governamental para Chiang Mai, cerca de 600 quilômetros ao norte da capital, praça forte de seu Partido do Poder do Povo e onde a Aliança conta com poucos apoios.

    Leia tudo sobre: bangcoc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG