Líder do Hisbolá ressalta fracasso de Israel em Gaza

Beirute, 29 jan (EFE).- O líder do grupo xiita libanês Hisbolá, Hassan Nasrallah, disse hoje que Israel fracassou política e militarmente em sua ofensiva contra a Faixa de Gaza ao não cumprir nenhum de seus objetivos.

EFE |

Em videoconferência transmitida pela rede de televisão "Al-Manar", órgão do Hisbolá, Nasrallah comentou: "Com a guerra de Gaza, Israel não cumpriu nenhum de seus objetivos, sendo que o principal era acabar com o Governo do Hamas e a resistência. Por isso, fracassou política e militarmente".

"Aqueles que não reconheceram a vitória no Líbano (na guerra entre Israel e o Hisbolá, em 2006) são os mesmos que não reconhecem a vitória na Palestina. Vincular a reconstrução de Gaza a condições políticas é inaceitável e humilhante", completou.

A Faixa de Gaza foi alvo de uma agressão militar israelense entre 27 de dezembro e 18 de janeiro. O saldo foi de aproximadamente 1.400 palestinos mortos, sendo mais da metade civis.

O líder do Hisbolá também fez críticas ao Egito pelo fechamento da passagem de Rafah, na fronteira com Gaza.

"A abertura de Rafah é crucial para o povo palestino, a resistência e as condições de vida deste povo. Seu fechamento é um dos maiores crimes da história", disse.

Em referência ao papel de intermediário do Egito nas negociações para um cessar-fogo permanente entre Israel e Hamas, Nasrallah disse que o país não é um mediador honesto "porque trabalha para impor condições aos palestinos".

Além disso, Nasrallah se mostrou pessimista ao falar sobre possíveis mudanças na região com o novo Governo americano, já que, segundo ele, não há diferenças entre a Administração do ex-presidente George W. Bush e a de seu sucessor, Barack Obama. EFE ks/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG