Líder do Hezbollah nega tentativa de envenenamento

O líder do Hezbollah, Hasan Nasrala, negou neste sábado que tenha sobrevivido a uma tentativa de envenenamento, conforme anunciou um site iraquiano.

AFP |

"A informação é totalmente infundada", disse o líder em uma entrevista à rede de televisão Manar, que pertence à organização terrorista xiita.

Nasrala afirmou que o rumor faz parte "da guerra psicológica" contra o Hezbollah, cujo objetivo seria sugerir a existência de divisões dentro da organização radical, apoiada por Síria e Líbano.

O site Almalaf informou que Nasrala havia sobrevivido a uma tentativa de assassinato com uma "substância altamente tóxica", graças à ajuda de médicos iraquianos.

Nasrala foi escolhido secretário-geral do Hezbollah em 1992, depois que um helicóptero israelense matou seu antecessor, Abas al Musawi, no sul do Líbano.

Seu filho, Hadi, morreu em 1997 em uma operação militar contra tropas israelenses no Líbano.

ram/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG