Líder do Hamas liberado por Israel é detido e solto pela Autoridade Palestina

Um alto dirigente do movimento islâmico Hamas na Cisjordânia, Adnan Asfur, liberado neste domingo por Israel após dois anos e meio de prisão, foi detido brevemente pelos serviços de segurança palestinos, segundo uma fonte interna.

AFP |

"Adnan Asfur não foi detido, foi simplesmente convidado para uma entrevista sobre a situação política, e depois pôde voltar para sua casa", disse à AFP um membro dos serviços de segurança da Autoridade Palestina, que pediu anonimato.

Yaman Asfur, filha de Adnan, havia anunciado horas antes a detenção de seu pai.

"Fomos receber meu pai no posto de controle de Jalam (perto de Jenin, no norte da Cisjordânia). Uma meia hora depois de chegar em casa, onde seus amigos e familiares tinham ido cumprimentá-lo, homens armados da Autoridade Palestina vieram prendê-lo", contou Yaman.

Adnan Asfur foi detido em junho de 2006 pelo Exército israelense e preso em Chata, no norte de Israel. Tel Aviv o considerava um dos principais dirigentes do braço político do Hamas na Cisjordânia e o acusava de participar da arrecadação de fundos para o movimento no estrangeiro.

Em Gaza, o Hamas condenou energicamente a atitude da Autoridade Palestina, dirigida pelo presidente Mahmud Abbas.

"Consideramos isso uma provocação. Não deixaremos que passe sem uma dura resposta", disse à AFP Salah al Bardawil, deputado do Hamas.

strs-mel/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG