Um dos líderes da rebelião muçulmana da Frente Mouro Islâmico de Libertação (MILF), procurado por vários atentados no sul das Filipinas, foi preso, anunciou o Exército filipino.

Camarudin Hadji Ali, conhecido como comandante Mudi, foi preso na terça-feira ao visitar a esposa no sul do país, segundo o coronel Jonathan Ponce, porta-voz regional do Exército.

Ali e outro líder rebelde, Ameril Umbrakato, também procurado, são considerados responsáveis por uma série de atentados ano passado em Mindanao, sul do país.

O MILF negou que o homem detido seja Camarudin Hadji Ali.

strs-jvg/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.