passividade de árabes à ofensiva a Gaza - Mundo - iG" /

Líder de partido argelino critica passividade de árabes à ofensiva a Gaza

Argel, 13 jan (EFE).- O secretário-geral da Frente de Libertação Nacional (FLN) argelina, Abdelaziz Belkhadem, criticou hoje a passividade dos regimes árabes e sua incapacidade em adotar uma postura clara contra o ataque israelense à Faixa de Gaza.

EFE |

Belkhadem, primeiro-ministro argelino até junho, pediu "uma ação árabe comum voltada a deter os crimes cometidos contra a população civil de Gaza".

O dirigente da FLN -principal força política argelina- se mostrou "surpreendido com a atitude de certos países árabes frente aos massacres cometidos pelo Exército de ocupação israelense" e por sua "incapacidade em adotar uma posição à altura das aspirações e das esperanças dos irmãos palestinos".

"O inimigo sionista não poderá jamais acabar com a resistência do povo de Gaza, que renunciou a abdicar perante o agressor e renunciar à sua justa causa", afirmou.

Belkhadem disse ter advertido os países árabes sobre as conseqüências "desta passividade", e ressaltou que "ninguém está livre da ameaça sionista e de sua máquina de guerra".

Além disso, estimou que as oportunidades de uma solução rápida à crise "permanecem intactas" e que tudo dependerá da evolução das posições "expressadas até o momento por certos países irmãos" que devem "atuar conjuntamente pelo fim da agressão e o retorno da paz a Gaza". EFE jg/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG